O Sundance Channel vai estrear com exclusividade a quarta temporada do aclamado drama-comédia australiano “Rake” no dia 30 de agosto, às 22h. Ao longo do mês, o canal exibe maratona com os episódios das três temporadas anteriores.

“Rake” acompanha as aventuras de Cleaver Greene (Richard Roxburgh), um bem-sucedido, porém autodestrutivo advogado (também conhecido na Austrália como um “rake”, um ancinho que arrasta o que vê pela frente) que assume os casos mais controversos. Brilhante e irreverente, Cleaver viciado em viver e equilibra uma vida pessoal complexa com sua agitada carreira. Seja com mulheres, jogos de azar ou drogas, Cleaver consegue resistir a qualquer coisa, menos às tentações.

R4_EP2-37_6 copy - Cópia (2)

Cleaver Greene foi visto pela última vez pendurado de um balão, à deriva no horizonte de Sydney. Na quarta temporada, ele cai -literal e metaforicamente – de volta ao solo e ao seu passado caótico. Fugindo de uma vingança, ele escapa para uma cidade tranquila do interior e vira membro de uma congregação liderada por um austero pastor e sua filha paqueradora. No entanto, não demora muito para que ele seja perseguido de volta para a “cidade do pecado”.

Sydney se tornou um lugar escuro na ausência de Cleaver: ameaças terroristas e a perda de confiança nas autoridades fizeram com que ao lugar se tornasse uma distopia. Quando ele reaparece, acompanhado por uma Mestre das Artes Negras, segue uma estrada que leva direto aos corredores mais escuros de poder.

R4_EP2-33_2 copy

A quarta temporada de “Rake” dá continuidade às desventuras de Cleaver Greene e exibe, através de seu louco olhar, todos os níveis da política e do sistema jurídico, bem como os nossos medos e obsessões mais amplos.

Ao longo das últimas três temporadas de “Rake”, vimos Cleaver em situações cada vez mais comprometedoras. No tribunal, ele defendeu um bígamo, um assassino que se revelou um canibal, um apresentador de programa de rádio acusado de incitar um motim no ar, uma estudante psicótica e um homem acusado de cortar o pênis de seu vizinho com uma tesoura de jardinagem.

R4_EP2-11_1 copy

Em sua vida particular, Cleaver se envolveu com uma exigente coroa rica e com a esposa de um político e até acabou na prisão acusado de homicídio culposo. Ao se tornar um pária na profissão de advogado, ele luta para se estabelecer novamente em sua profissão e descobre, ao longo do caminho, a existência de corrupção em níveis corporativos e governamentais, o uso excessivo de drogas, um assalto falso, um caso falso de câncer e duas Comissões Reais.
A primeira temporada de “Rake”, de oito episódios de uma hora, será exibida em dois blocos de quatro episódios na sexta-feira, 12 de agosto, e no sábado, 13, a partir das 22h. A segunda temporada vai ao ar a partir das 22h da sexta-feira, 19, e do sábado, 20. A terceira será exibida a partir das 22h da sexta-feira, 26, e do sábado, 27.

R4_EP1-1_4 copy

A Quarta Temporada também é composta de oito episódios de uma hora, e será exibida no Sundance Channel nas noites de terça-feira.

Com sua mistura de elementos dramáticos e cômicos, “Rake” recebeu ótimas avaliações dos críticos. The Sunday Herald Sun, da Austrália, descreveu a série como “bem escrita, irreverente, e divertidamente cínica”, enquanto o Weekend Australia concluiu que “Roxburgh é brilhante… sua energia é cinética e não há como escapar de seu carisma”. Fazendo uma prévia da nova temporada, The Guardian do Reino Unido disse: “Por todas as suas palhaçadas e jogos de tribunais, ‘Rake’ é um show compassivo, complicado e humano sobre uma personalidade extrema que tenta refrear suas tendências mais autodestrutivas… a quarta temporada promete aprofundar o dilema do seu anti-herói”.

R4_EP1-1_2r copy
Ao lado de Richard Roxburgh (Moulin Rouge: Amor em Vermelho, Missão: Impossível II), a quarta temporada de “Rake” é estrelada por Russell Dykstra (Romulus, Meu Pai; Ned Kelly), Danielle Cormack (“Xena: Warrior Princess”, Separation City), Matt Day (O Casamento de Muriel, “Shackleton”, “Spooks”) e Adrienne Pickering (Imagens do Além, Presságio, Perigo em Alto Mar).  A nova temporada também conta com uma coleção estelar de participações especiais, como as de Miriam Margolyes (da série de filmes Harry Potter), Justine Clarke (Mad Max – Além da Cúpula do Trovão, Look Both Ways) e do escritor e diretor John Waters (Hairspray: Em Busca da Fama, Mamãe é de Morte).

“Rake” foi criado por Peter Duncan, Richard Roxburgh e Charles Waterstreet. Richard Roxburgh recebeu uma série de prêmios por sua interpretação de Cleaver Greene, como o AACTA Award de 2013 de Melhor Ator Principal em Drama de Televisão e o Logie Award de Ator Mais Extraordinário de 2011. No mesmo ano, o drama ganhou o Australian Writers’ Guild Award de Melhor Série de Televisão, um reconhecimento que recebeu novamente em 2013 e 2014. A quarta temporada de “Rake” foi escrita por Peter Duncan e Andrew Knight. Foi dirigida por Peter Duncan, Peter Salmon e Rowan Woods e produzida por Ian Collie, Peter Duncan e Richard Roxburgh.