O AMC estreará com exclusividade a segunda temporada da aclamada série de drama “Halt and Catch Fire” no dia 1 de junho às 22h30. Focando no emergente setor de computadores pessoais que chega aos primórdios da Internet, o drama capta o espírito de um mundo que passa por rápidas transformações tecnológicas e culturais.

“Halt and Catch Fire” é um drama de ficção ambientado em meados dos anos 1980 no mundo em rápida expansão da computação pessoal. Na primeira temporada, o ex-executivo da IBM Joe McMillan (Lee Pace), que procura fazer a engenharia reversa no carro-chefe IBM PC, forçando o seu novo empregador, a Cardiff Electric, a entrar em uma corrida relutante pela liderança do mercado. Contando com o apoio de Gordon Clark (Scoot McNairy), que já foi no passado um grande engenheiro que sonha em criar um produto revolucionário, sua esposa Donna (Kerry Bishé) e Cameron Howe (Mackenzie Davis), uma volátil jovem prodígio de programação, a equipe começa a apagar a linha entre a inovação, a ilusão e a fraude corporativa na medida em que lutam para criar um novo computador para virar o jogo, causando estragos aos seus empregadores no caminho.

A segunda temporada do drama começa em 1985, mais de um ano após os acontecimentos tumultuosos da primeira temporada, quando Joe MacMillan acabou colocando fogo em um caminhão cheio de PCs Cardiff Giant, o último de uma longa série de atos autodestrutivos que comprometeram significativamente as fortunas de todos ao seu redor. A nova temporada foca na Mutiny, a empresa start-up de Cameron e Donna, que começa a ter sucesso com base naquele mais revolucionário dos conceitos – a Internet. Tendo retornado como um homem mudado de seu exílio auto imposto, com um novo compromisso com a honestidade e decência, Joe procura curar velhas feridas com Gordon e embarcar em uma nova cruzada tecnológica que afetará diretamente a fortuna do incipiente empreendimento Mutiny. “Halt and Catch Fire” explora temas que tocam diretamente no moderno zeitgeist, não menos que o próprio desejo humano, em uma paisagem obcecada por tecnologia num mundo que se conecta rapidamente, para deixar uma marca relevante na história.

A primeira temporada de “Halt and Catch Fire” foi entusiasticamente recebida pelos críticos e revisores. O New York Daily News a descreveu como um “drama animado e em ritmo acelerado que humaniza aqueles primeiros geeks de computador” e The Hollywood Reporter elogiou a sua “escrita excelente, impressionante atuação e um notável estilo visual cinematográfico”. O US Magazine chamou de “um surpreendentemente drama de tecnologia” e o CT News.com saudou a série como “uma mistura de rompimento de gênero montada com grande estilo”.

 

“Para o nosso apaixonado público e os críticos que amaram o show na primeira temporada, nós agradecemos sinceramente o seu apoio. A segunda temporada não os decepcionará. Vamos entrar ainda mais fundo nesses personagens que criamos, para dar-lhes toda a profundidade emocional e psicológica que vocês esperam de “Halt and Catch Fire”, ao mesmo tempo em que estamos evoluindo a série para que seja ainda mais impetuosa e viciante”, disse Jonathan Lisco, showrunner e produtor executivo da série.

Para dar aos telespectadores a oportunidade de assistir os capítulos anteriores, a estreia da segunda temporada será precedida por uma maratona com os dez episódios da primeira temporada de “Halt and Catch Fire”, começando às 13h00 de no dia 1 de junho.

 

“Halt and Catch Fire” foi criado por Chris Cantwell e Christopher C. Rogers, com produção executiva de Cantwell, Rogers, do showrunner Jonathan Lisco (“Southland”) e de Mark Johnson da Gran Via Productions (“Breaking Bad”, “Rectify”, “Diner”, “Rain Man”) e Melissa Bernstein (“Breaking Bad”, “Rectify”). Além de Pace, McNairy, Bishé e Davis, a segunda temporada é estrelada por Toby Huss (“The Adventures of Pete & Pete”, “Carnivále”) no papel de John Bosworth, e Aleksa Palladino (“Boardwalk Empire”) como Sara Wheeler. Nos papéis recorrentes dessa temporada estarão James Cromwell (“Boardwalk Empire”, “American Horror Story”) como Jacob Wheeler, e Mark O’Brien (“The Republic of Doyle”) como Tom Rendon.