tidal2

Banner-250x2501Recentemente Jay-Z e outros astros da música internacional, se juntaram para lançamento de uma plataforma de streaming de música o Tidal. A ideia inicial e que os próprios atristas seja donos da plataforma, tento em vista que essa ideia do aplicativo de música próprio veio pelo fato de alguns atristas estarem descontente com o valor pago por alguns outros aplicativos de música como o Spotify, Deezer, Rdio entre outros.

Mais nem todos os atristas gostaram dessa novidade, um desses atristas que não gostaram e não aprova o Tidal, e a Lily Allen que desceu duras críticas ao app e aos atristas que fazem parte dele.

Eu amo muito o Jay-Z, mas o Tidal é muito caro comparado a outros serviços de streaming perfeitamente bons. Ele pegou os maiores artistas e os colocaram exclusivamente no Tidal. Isso vai fazer com que as pessoas voltem a baixar músicas piratas em torrents da internet“, disse Allen.

lily-allen2-e1427836837276

A cantora ainda comentou que o serviço vai prejudicar artistas em ascenção.

Artistas que estão começando agora são sofrer com o resultado. Talvez eu não esteja entendendo alguma coisa e isso [Tidal] realmente vai mudar e melhorar as coisas. Eu não acho que a música deva ser de graça, mas receio que nós tenhamos que nos adaptar conforme o mundo e as tecnologias avançam. Eu me importo com o futuro da música e não com a atual estrutura de negócios“, completou.

lilly-allen-3-e1427836974668

Ainda pelo Twitter, Lily Allen trocou ideia com um usuário que a questionava, afirmando que o programa de Jay-Z se diferencia pelo oferecimento de som em alta qualidade. A dona do sucesso “Smile” rebateu essa opinião: “A resolução não significa nada se seus headphones são uma porcaria”. Acho que é o caso da maioria, né?

O Tidal será disponibilizado em duas assinaturas nos Estados Unidos: uma com alta qualidade de som, por US$ 19,99, e outra com qualidade normal, por US$ 9,99.