Considerando o grande fluxo de notícias e campanhas sobre os perigos da navegação na internet, muitas pessoas acreditam que os riscos limitam-se apenas aos downloads de arquivos e transações bancárias. Todavia, as ameaças escondem-se, inclusive, nos aparentemente inofensivos jogos online – tanto para smartphone quanto para computador – e aumentam cada vez mais o número de vítimas.

A surpresa maior se dá pela plataforma smartphone, que é a mais utilizada pelos jogadores brasileiros, cerca de 82%. Tendo em vista que o aparelho vem substituindo gradualmente as outras tecnologias e concentrando a maior parte dos dados pessoais dos usuários, o risco torna-se ainda maior, pois os cibercriminosos desenvolvem softwares maliciosos para ter acesso às informações.

É claro que o computador não deixa de ser menos perigoso por conta disso. Os players enfrentam as mesmas armadilhas nessa plataforma, com a diferença exatamente na elevação do nível de segurança quando se trata do desktop. Os criminosos buscam, assim como nos smartphones, dados bancários, credenciais de acesso, senhas de redes sociais, entre outras informações que lhes sejam rentáveis.

Objetivando alertar e proteger os usuários, a Bitdefender (www.bitdefender.com.br) elaborou um infográfico que mostra tudo o que os jogadores online precisam saber para garantir a segurança. Os resultados evidenciam as principais ameaças para ambos dispositivos, os jogos mais suscetíveis a infecções e os cuidados ao se aventurar nesses games. Você joga Call of Duty, World of Warcraft ou Candy Crush? Então não pode perder esse infográfico!

Infografico-Games (4)

Sobre a Bitdefender

Ganhadora de vários prêmios que expressam a qualidade e eficiência na detecção de ameaças online, a Bitdefender já conquistou o mercado de softwares de proteção. A empresa investe, desde 2001, em ferramentas que visam qualificar ainda mais seus produtos, garantindo maior segurança para o usuário sem afetar o desempenho do dispositivo, seja no smartphone ou nos computadores empresariais e residenciais.