No mundo temos basicamente dois tipos de pessoas: as que querem fazer algo e as que realmente fazem algo. Escrever um livro poderia ser muito bem um exemplo disto, enquanto muitos pensam em histórias mirabolantes e criativas, poucos chegam a transcrevê-las no papel. Como sei que são poucas? Basta olhar a sua volta, olhar para as pessoas que lhe são próximas, quantas destas já escreveram um livro? Provavelmente a resposta vai ser nenhuma, ou, no máximo, uma.

livro

Escrever um livro já é uma vitória, quem já conseguiu fazer isso já está de parabéns, já é bastante gratificante. Mas tê-lo impresso, poder vê-lo a venda em uma loja ou na internet seria muito mais gratificante. Mas como posso fazer isso? Quais são os passos necessários? No Brasil, basicamente podemos publicar um livro através de 3 caminhos distintos:

1- Procurar uma editora: este deveria ser o caminho padrão a ser seguir, mas não é fácil! As editoras brasileiras não estão dispostas a se abrirem muito para novos autores. Se você não for alguém famoso, tiver um contato em alguma editora, com certeza terá dificuldades em uma editora te lançar. Mas porque? Editoras gastam muito tempo e dinheiro para lançar um livro, então se não for ter um retorno razoavelmente bom, elas não investem. Algumas editoras disponibilizam link’s em sites ou endereço de correspondência para novos autores enviarem seus originais para que elas avaliem uma possível publicação. O problema é que algumas recebem tantos originais que simplesmente não conseguem ler todos, e muitas nem respondem ao autor (o prazo de resposta da editora é de 6 meses a 1 ano… L ). Pelo investimento de publicação ser todo da editora, o ganho do autor por livro vendido fica em torno de 10% sobre o valor de capa.

Se uma editora não me responder significa que meu livro é ruim? Não necessariamente! Você pode ter escrito um livro muito bom sobre um determinado assunto, mas se o público-alvo deste assunto é extremamente reduzido, com certeza não vão querer investir nele, pois terão pouco retorno.

 

2- Pagar pela publicação: este é o caminho mais fácil para se publicar (para quem tem bala na agulha). Se você tem dinheiro sobrando para fazer todas as etapas de publicação de um livro: revisão, diagramação, impressão, marketing, arte, etc, você mesmo pode arcar com as despesas e assim ter o seu livro mais rápido e com 100% de lucro sobre as vendas. Antes de iniciar uma publicação neste modelo é bom certificar-se de todos os gastos que se terá, pois uma publicação completa não fica barata. Um problema neste modelo de publicação é que você terá um trabalho maior para vender seus livros, gerenciar estoque, ir de livraria em livraria oferecendo seu livro para venda….

 

3- Procurar por editoras que trabalhem com coparticipação do autor. Isto significa que a editora irá publicar seu livro, mediante uma coparticipação financeira do autor do livro. A idéia é uma divisão de custos de publicação, não ficando tão pesado nem para a editora nem para o autor. Neste modelo de publicação o autor recebe um valor a mais por livro vendido do que se fosse apenas pela editora, cerca de 30% pelo valor de capa do livro.

Índice

 

O importante é corrermos atrás dos nossos sonhos. Sei que publicar um livro não é fácil, falo isso por experiência própria (publiquei um livro, disponível em http://www.editorabarauna.com.br/a-purificac-o.html ), mas existem meios para que possamos alcançar nossos objetivos, basta corrermos atrás!

 

Gostou? Não gostou? Deixe um comentário!

  • Vagner

    Muito interessante esse texto parabéns, ne fez fica por dento de um assunto que não me fazia muito falta mais vejo que a muito trabalho para um brasileiro consegui seu sucesso literário. Parabéns indicarei essa matéria para amigos que tem interesse de lança seu próprios livros. Mais uma vez parabéns e sucesso.

    • Rafael Pantoja

      Vagner, realmente você ver um brasileiro fazer sucesso com venda de livros é bem difícil (tirando pessoas já renomadas/famosas). O importante é tentarmos… eu pelo menos estou na luta!

  • Rodrigo Costa

    lança um livro aqui no brasil e muito complicado, o trabalho de um autor não para so na criação da historia mais continua ate consegui com muito trabalho a publicação da sua criação. Parabéns Rafael mais uma excelente contribuição para o Via GeeK.

  • Se você me permitir adiciona uma ideia. Hoje em dia a também a possibilidade do autor lança seu livro pelo financiamento coletivo como catarse.me e outros. E o bom dessa plataforma e que voce pode cria recompensas e aproveita para ja distribui o livro.

    • Rafael Pantoja

      Boa observação!

  • Pingback: Devo realmente publicar meu livro? | Via GeeK()